terça-feira, 16 de setembro de 2014

IV JORNADA NACIONAL EM APARECIDA DO NORTE - SP DIA 31/08/14

IV JORNADA NACIONAL DOS INSTITUTOS SECULARES 




 Iniciamos nossa Jornada com a presença de 60 pessoas de 18 Institutos uma belíssima celebração no Santuário de Aparecida com a participação da presidente da Conferência Nacional dos Institutos Seculares e alguns membros na procissão de entrada. Foram expostos alguns banners da CNIS e de alguns Institutos Seculares.
Após a celebração foi feito uma caminhada rezando o terço até a casa em que estávamos hospedadas.
Por volta de 10:30 Dom Jayme tomou a palavra e relatou que no Ano da Vida consagrada devemos ser protótipos entre as Congregações e os Institutos Seculares, que os projetos devem ser elaborados em conjunto, a fim de dar visibilidade à vida consagrada.
O tema discorrido por Dom Jayme foi "A Alegria do Evangelho na Perspectiva da Vida Consagrada", o mesmo nos disse que o documento do Papa Francisco " A Alegria do Evangelho" tem causado um grande estupor pelo mundo afora, principalmente no mundo político.
Em sua introdução nos falou que a alegria do evangelho enche nosso coração e a vida inteira, fruto da experiência da pessoa que encontrou com Jesus e nos questionou: Será que em nosso grupo, nosso modo de vida nos leva a experiência do encontro com Jesus Cristo?

O documento pode ser dividido em cinco capítulos:
1. Transformação Missionária da Igreja;
2. Na crise do compromisso comunitário;
3. O anúncio do Evangelho;
4. A dimensão Social da Evangelização;
5. Evangelizadores com Espírito.
O documento nos convida a alongar os passos, pede ousadia, coragem, olhar para o futuro, esta é novidade.

Á tarde retornamos com o prof. Dr. João Clemente, discursando sobre o tema: Conjuntura Social e as Eleições.
O professor iniciou o tema com uma entrevista com o sociólogo polonês Zygmunt Bauman onde o mesmo denuncia a perda de referências políticas, culturais e morais da civilização e diz que somente os jovens, com sua indignação poderão resistir à banalização. E destacou 07 pontos importantes desta entrevista:
   1)  O mundo virou de ponta a cabeça, até agora o que temos visto é que o ser humano é descartável, bem como suas relações.
    2)    Esvaziamento de valores com a perda de sentido; tudo é normal. 
    3)  Mercado, hoje o que importa é o que o mercado determina, até a religião vive em função do capital.
    4)    Consumismo, a todo o momento somos induzidos a consumir e consumir cada vez mais.
    5)  A era da cultura do descartável são sinais de morte e sinais de vida. 
    6)  Intercâmbio entre o bem e o mal, como o ser humano é descartável, vive para consumir, a pessoa vale pelo que consome e não por ser cidadão.
    7)   O dinheiro é a lógica do mercado, do consumo, o problema da humanidade.
Hoje são aceitas coisas que não aceitávamos, temos a sensação do que o certo é errado e vice-versa.
Análise de conjuntura é você aprofundar uma situação global como ela é e depois agir em determinados espaços, ou seja, rezar a realidade para assim transmitir esses valores aos nossos jovens.
Afunilando a história, no século XIII o lema era: Igualdade, Fraternidade e Liberdade;  e o prof. acrescentaria o 4º princípio: a Segurança, e questionou: Como ter Segurança com liberdade? Igualdade e Segurança?
Fraternidade com a Igreja, as religiões não conseguem equacionar. Nossa sociedade é do espetáculo, até na liturgia, mas que não convence. O crime é espetáculo. As novas gerações estão vivendo dentro deste espetáculo, por isso ficam perdidas quando o espetáculo acaba.
A  Ética está a serviço do mercado, defende o patrimônio e não a condição humana, protegendo a vida.
Discursou um pouco sobre nosso cenário político que afunda a cada dia mais na corrupção e onde mais uma vez o mercado está presente.
Somos convidados a fazer o exercício do ver, julgar e agir contemplando a Deus com os olhos da fé através de sua Palavra revelada e o contato vivificador dos sacramentos (Ap.19)
“É ver a realidade à luz da providência divina, julgar a realidade segundo Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, e agir a partir da Igreja, Corpo Místico de Cristo e Sacramento universal de salvação, na propagação do Reino de Deus, que se semeia nesta terra e que frutifica plenamente no Céu”. Descobrir a presença de Deus nas diferentes realidades e vencer as tentações". (Papa Francisco)
Os IS são sinais de esperança. Têm que fugir às tentações do ter, do poder, das ideologias e práticas que negam o Evangelho.  “As alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens do nosso tempo, sobretudo dos pobres e atribulados, são também alegrias e esperanças, tristezas e angústias dos discípulos de Cristo” (GS, 1).

Questões para pensar sugeridas pelo prof. João Clemente

1. Costumo buscar a Deus com amor e alegria no meu cotidiano?
2. Por que a consagração não pode ser uma prática de “negócio”?
3. De que modos reagem aos apelos do consumismo e, principalmente, daqueles que neutralizam a vida consagrada?
4. Sou uma pessoa autêntica? Ou me deixo influenciar pela massa?
5. O que faço para melhorar a vida do meu IS?
6. O que faço para aumentar as vocações nos IS?

Após foram dadas notícias por Guadalupe sobre o Congresso realizado pela Confederação dos Institutos Seculares da América Latina, CISAL, realizado em Porto Rico, de 01 a 05 de julho. Estiveram presentes somente cinco membros de três Institutos do Brasil. Houve eleições para um novo Conselho, onde foram eleitas: Juany Monsalve, Presidente (Chile), Olga Escobar, Vice Presidente (México), Conselheiras: Mirna Rodrigues (Paraguai), Natividad Ramos (Porto Rico) e Aparecida de Guadalupe Cafaro (Brasil). O próximo Congresso da CISAL será na Argentina.
Encontro em Curitiba nos dias 28 e 29/08 com o tema: O Ano da Vida Consagrada, unidade na diversidade com a presença de 860 pessoas durante o dia e à noite houve outro encontro com a participação 200 pessoas. Esse Encontro teve a presença de Dom João Braz Aviz, da Sagrada Congregação, Frei Clodovis Boff, osm; Dom Bernardo Bonowitz, ocso, Abade Trapista, e irmã Marian.. As palestras estão no site da CRB e também no Blog da CNIS.
A próxima Assembleia da CNIS será em Belo Horizonte do dia 05/09 a 07/09/15, marquem em suas agendas e aguardem mais comunicações em breve.
Proposta de um grande encontro da Vida Consagrada, reunindo a CRB e a CNIS, em Aparecida do dia 07 a 10/04/15, sendo a data e local a ser confirmado.

Foi encerrada nossa Jornada em clima de paz e harmonia e todos retornaram aos seus lares com a certeza que devemos sempre buscar em Deus as forças necessárias para o bem dos nossos Institutos e de nossos irmãos.

Belo Horizonte, 15 de setembro de 2014
________________________________
ADRIANA CRISTINA GOMES

Nenhum comentário:

Postar um comentário